Saiba tudo sobre Marketing Inbound

Desde a década passada, o Marketing Inbound entrou em moda, ou pelo menos o termo ficou mais conhecido. Contudo, ainda tem muita gente que não sabe o que realmente é o Marketing Inbound, como ele funciona e quais são as suas principais características, vantagens e desafios.

Com o objetivo de lançar luz sobre o tema, fizemos este breve artigo falando tudo que você precisa saber sobre o Marketing Inbound. Ficou curioso? Então leia o artigo e conheça tudo sobre o assunto!

O que é Marketing Inbound — ou Marketing de Atração

O elemento chave do Marketing Inbound é a atração. Ou seja, os anúncios das
empresas ocorrem por meio da atração de potenciais clientes. Para isso, esta
estratégia de marketing utiliza conteúdo relevante. A partir desse momento, as pessoas tendem a se sentir mais confiantes para estabelecer uma relação com a empresa, que pode levar em uma venda.

Assim, o Marketing Inbound transforma personas (clientes ideais) em clientes de fato do empreendimento. Além disso, facilita a promoção destes em promotores da marca. E o melhor, de forma totalmente voluntária!

Origem do Marketing Inbound

Embora tenha sido formalizado em meados dos anos 2000, práticas do Marketing Inbound vem sendo adotadas por profissionais do ramo, deforma inconsciente, pelo menos desde a década de 1990. De modo formal, o termo foi cunhado por Brian Halligan, cofundador da Hubspot, uma atual gigante do marketing mundial.

Todavia, na década de 1990, os principais fundamentos do que conhecemos hoje por Marketing Inbound já haviam sido concretados, especialmente no livro “Permission Marketing” (Marketing de permissão, em tradução literal), de Seth Godin. Para quem deseja se aperfeiçoar na área, vale a pena dar uma conferida na obra.

O certo é que o conceito de Marketing Inbound ou “Marketing de Atração” surge em paralelo aos Marketing Digital e a relação entre o consumidor e a publicidade na era digital. Nesse caso, temos dois elementos muito característicos, a comunicação online e o internauta.

Castells é um dos maiores autores em comunicação da academia contemporânea. Segundo ele cada geração apresenta sua própria linguagem, que reflete a forma com enxergam e vivem o mundo. Dessa maneira, a geração que cresceu após a década de 1980 compreende o mundo e se comunica de acordo com a sua relação com a internet. Temos então, internautas e a comunicação online.

Além de paradigmas sociais, esses novos tipos de interação mudou a forma de consumo e, com isso, foi necessário atualizar e criar novas estratégias de marketing. E então, foi percebido que o novo consumidor não deseja ser interrompido, mas sim atraído para o produto ou serviço pelo qual tem interesse.

Vantagens do Marketing Inbound

Agora destacaremos as principais vantagens do Marketing Inbound. São eles a diminuição de custos, o clico de vendas mais curto, maior poder de persuasão, aproximação com clientes e alcance do público certo.

Diminuição de custos

Uma vantagem muito importante do Inbound é a sua diminuição de custos, uma vez que as estratégias Inbound apresentam um custo bem menor que os instrumentos do marketing tradicional. Todavia, vale destacar que o retorno do Inbound é bem mais demorado, pensado para o longo e médio prazo.

Ciclo de vendas mais curto

Embora seja elaborado principalmente para o longo prazo, as estratégias Inbound, quando bem planejadas e executadas, levam a um ciclo de vendas mais curto. Isso ocorre pois o conhecimento da empresa, o que ela faz, a curiosidade em conhecer as suas soluções, consideração e escolha da marca ocorre de forma mais rápida, devido, sobretudo, à estratégia de aproximação com o cliente.

Maior poder de persuasão

Comparado com estratégias do marketing tradicional, há maior poder de persuasão por parte do Marketing Inbound. Isso ocorre devido a estratégia preparar o terreno para a criação de maior autoridade da empresa quanto ao assunto, aumentando sua influência durante a aproximação com o cliente.

Aproximação com clientes

Como conseguir vender mais se a sua empresa não consegue se aproximar dos clientes? Assim, uma grande vantagem do Marketing Inbound é permitir que a empresa se aproxime do cliente de forma natural, oferecendo para estes, conteúdos relevantes e apresentando, na hora certa, soluções, produtos e serviços para aliviar as dores da persona.

Alcance do público certo Além de alcançar um público grande, o Marketing Inbound se destaca por alcançar o público certo. Dessa maneira, em vez de atrair qualquer um entre o grande público, as estratégias Inbound tem como característica fundamental a atração de pessoas que apresentam potencial de compra futura.

Processos do Marketing Inbound

O processo do Marketing Inbound pode é dividido em quatro etapas: atração,
conversão, vendas e encantamento. A primeira fase está relacionada com conseguir tráfego qualificado para os canais digitais. Dessa maneira, a primeira etapa da estratégia Inbound é fazer com que pessoas do público geral se tornem visitantes regulares. E isso é realizado por meio de conteúdo relevante.

Posteriormente, é necessário fazer a conversão, ou seja, que os visitantes
conseguidos se transformem em leads — oportunidades reais de venda. Em seguida, temos a fase das vendas, que ocorre quando os leads são nutridos usando mais conteúdo relevante e chega ao estágio avançado para efetuar a venda do produto ou serviço.

Por fim, temos a frase do encantamento, que consiste na alimentação da relação do cliente com a marca mesmo após o processo de compra. Inicia-se uma nova jornada para que o cliente, voluntariamente, se torne um promotor da marca e atraia mais clientes para o negócio.

O funil de vendas

O funil de vendas é um termo utilizado para compreender os vários estágios que um cliente experimenta com uma marca. Em primeiro lugar, temos o topo (aprendizado e descoberta); meio (consideração e intenção) e fundo (avaliação e decisão).

No topo do funil, a persona (cliente ideal) nem imagina que necessita de um produto ou serviço, mas reconhece que está com algum problema a ser solucionado. Cabe então às estratégias de Inbound marketing apresentar a empresa como autoridade no assunto.

No meio do funil, é necessário que as estratégias de Inbound Marketing levem a persona a considerar a marca e aquela solução específica para o seu problema. Para isso, é necessário se aprofundar mais sobre o tema.
Por fim, temos o fundo do funil, que é quando os conteúdos devem ser mais diretos e voltados para a avaliação e decisão da persona para fazer a compra do serviço ou produto da empresa e marca.

Como mensurar resultados

Uma das principais vantagens do Marketing Inbound, e também uma das maiores responsabilidades de quem trabalha com isso, é fazer a mensuração dos resultados de forma contínua.

A falta de acompanhamento dos resultados do Marketing Inbound atrapalha as estratégias a serem executadas pela marca, o que torna o processo de otimização e ajuste das estratégias mais demorado e ineficiente — e mais caro.

Para fazer a mensuração, é necessário utilizar os indicadores-chaves de desempenho, mais conhecidos como KPIs. Dessa maneira, ao utilizar estes instrumentos, é possível tornar o processo mais eficiente, ágil, além de cumprir na redução de custos para que metas sejam alcançadas.

Principais ferramentas de Marketing Inbound

Para que a estratégia Inbound apresente melhores resultados, é importante contar com ferramentas eficientes. Dessa maneira, apresentamos aqui as principais opções gratuitas que você deve utilizar.

Ferramentas de SEO

Search Engine Optimization, mais conhecido pela sua sigla, SEO, consiste em um conjunto de estratégias utilizadas para que os mecanismos de busca na internet sejam otimizados. Vamos supor que você tenha uma empresa de carros na internet e desenvolveu diversos blog posts para o site.

Dentro de cada um destes blog posts, é importante que sejam incluídas diversas estratégias para que pessoas que buscam por assuntos relativos a carros encontrem os conteúdos relevantes da sua empresa e comecem a aproximação com a marca.

Assim é necessário, desenvolver conteúdos para a persona que, com o SEO, o
encontrará de forma mais fácil.

Automação e e-mail marketing

A automação do e-mail marketing compreende uma grande ferramenta para o Inbound Marketing. Entre as principais ferramentas que realização essa função, temos o Mailchimp, RD Station e Hubspot.

O Mailchimp é um dos softwares de e-mail marketing mais conhecidos do mundo. Além disso, apresenta uma versão gratuita que oferece muitas vantagens e é uma boa pedida para quem não deseja gastar com o software.
Já o RD Station é produzido pela Resultados Digitais. É o sistema mais conhecido e utilizado e isso se deve ao fato do software ser completo e por suportar planos robustos para empresas de todos os tipos.

Por fim, temos a Hubspost, uma gigante do marketing digital que possui um dos principais sistemas de automação de marketing do mundo. Dispõe de todas as ferramentas que você necessita, desde o início até o fim da jornada do cliente.

Ferramentas para blog

Sendo assim, o Marketing Inbound se tornou uma estratégia muito necessária para os dias atuais, especialmente pelas mudanças que ocorreram após a segunda metade do século XX — a chamada cultura digital. Apresenta resultados no médio e longo prazo e, portanto, deve ser utilizado por empresas que pensam um pouco à frente?

Gostou desse texto? Então conheça a diferença entre Marketing Inbound e Marketing Outbound!

Felipe Trindade

CEO Voio

Especialista em marketing, vendas e fidelização de clientes

Autor | Voio:

Voio é uma metodologia de gestão comercial que integra as técnicas mais efetivas para estruturar e aumentar a performance do seu time de vendas, aliado a um poderoso sistema criado por nós, organiza e monitora todo o relacionamento entre sua empresa e seu cliente.

Conteúdos relacionados

Alavancar ticket médio

Enriquecer a base de clientes

Ampliar prospecção

Satisfação dos clientes

Expandir a carteira de clientes

Desenvolver retenção na perda de clientes